terça-feira, 24 de maio de 2011

Dicas de como pilotar um kart



O Kart é diferente de um carro normal e, por isso, a pilotagem também deve ser diferente. Em um carro de rua, o diferencial compensa o raio da curva e faz a roda de fora girar mais do que a de dentro, considerando que ela percorre um caminho mais longo. O kart não tem diferencial, isso quer dizer que as rodas de tração (traseiras) sempre rodam juntas. Sem o diferencial, as rodas traseiras não compensam o raio da curva e o carro faz a curva derrapando. Confira outras dicas essenciais para você se dar bem no kart!

Dicas gerais:
Primeiro de tudo: o pedal da direita acelera e o da esquerda freia! 

Tenha em mente que, quando derrapam, as rodas do kart giram em falso e o kart perde tração. E tração é o mais importante no kart. Tente sempre derrapar o mínimo possível, mantendo as quatro rodas em contato firme com o chão e empurrando o carro pra frente. 

Outra coisa importante é que o kart não tem marchas. Por isso, procure sempre manter uma tocada rápida e balanceada, evitando ao máximo reduzir demais a velocidade. Às vezes é até melhor fazer uma curva com uma derrapagem controlada para garantir que você vai sair embalado, sem perder muito tempo. Evite acelerar e frear bruscamente, para evitar derrapagens desnecessárias. Evite frear em curva e mantenha sempre o pé no acelerador, mesmo nas frenagens, para manter o motor cheio e diminuir o tempo das retomadas.

Pilotagem nas curvas:
A menor distância entre dois pontos é uma reta. Aplique isso na prática! Tenha em mente que em linha reta você anda mais rápido e estude o circuito para fazer as tomadas de curva corretamente. A melhor tomada de curva é aquela que você perde menos tempo, virando o mínimo o volante.

Durante a curva, use seu corpo como um pêndulo, jogando-o para o lado de dentro da curva, com isso você transfere o peso do lado de fora pro lado de dentro, ajudando o kart a contornar a curva. 

Ultrapassagens: 
Como os motores dos kart são todos iguais, você dificilmente vai vencer uma disputa só no acelerador. Analise bem quem você quer ultrapassar e estude bem os melhores pontos. 

Com karts iguais, as melhores oportunidades de ultrapassagens ocorrem em áreas onde a frenagem deve ser mais intensa (normalmente final de reta) ou então num erro do adversário.

Problemas: 
Se você perceber algum problema no kart, mesmo antes da largada, levante o braço. É o único jeito de avisar ao pessoal da pista e aos outros pilotos que você está com problemas.

Se isso ocorrer durante a corrida, levante o braço e vá assim até os boxes, sempre evitando a trilha rápida da pista. Lembre-se que é você que deve evitar os outros pilotos e não eles que devem desviar de você. 

Se você rodar ou bater durante a corrida, nunca tente sair do kart. Espere os comissários de pista colocarem você no lugar de volta na pista. 

Durante uma batida, fique com os pés nas pedaleiras e as mãos na direção, para evitar que você escape do kart. 


Fonte: Pedro Paiva  


Gosta de adrenalina? Então confira a oferta que o Grupo Ligado preparou para você!


Nenhum comentário:

Postar um comentário